vives nas esquinas do meu pensamento

18/11/06

Batalhas dos Tempos - Poema X

fausto cunha

....

sentei...
um prazer
marca meu desejo de não sentir limite
ocupo o vazio
sentei
senti palavras
fantasias como as folhas soltas
um-desejo-insatisfeito
vou olhar pela última vez
inegável desejo
códigos do meu gozar
indissociável desejo
quando penso em ti
realidade que sento para sentir
repetir
porque repetir é a insistência do meu prazer
querer você...
meu sonho fugidio
princípio primeiro
do meu existir
nessa luz total
você eu de mim, de si
os passos que dei para chegar aqui
viajante em mistérios que desvendei
não vou advinhar
é desejo-do-desejo-do-saber
sentei
pra pensar em ti
repouso do corpo
complicado sofrer
que chamo de dimensão real
do prazer que quero ter com você...

sei a luz desse dia
sei que não quero perder
não terá fim
porque não se vais de mim
sentei ...
o que quero
é intenso para frear
é desejante demais
é ladrão de mim.
Together we're strong

2 comentários:

  1. Esse coração é uma janela aberta.

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Fortíssimo este encanto pelo outro.
    Fortíssimo este desejo de viver pelo e com o outro.
    Fortíssima sim...és tu!

    ResponderEliminar