vives nas esquinas do meu pensamento

09/12/06

Desabafo XI

foto luiz zilhão
é vida...vida que achei...meu corpo um só. Sou esboço de um tempo, enlouquecido por viver. Sou pele e deixo-me começar . Não . Não renuncio. Vou a liberdade comprometendo meu encanto. É vida, eu vi, eu vivi. O lugar tem a árvore que se parece com minha vida. Forte, longe , sozinha. Mas não é refém e não serei. Me transformo porque pareço a árvore, longe ...desafiando os meses, os homens. E pemanece como ela é. Eu posso ser isto ou aquilo , mas prefiro ser árvore, força e gosto de incomodar. Respondo aos chamados e escrevo como quem faz canções, exalto a vida. Cubro-me de céu , azul céu, e afasto as nuvens tal qual um espantalho assusta os invasores. Na minha sintonia refreei a razão por muitas vezes e deixei de viver. De lado coloquei imprescindíveis desejos. Hoje percorro o chão e narro a intensidade do que busco. Sou raça em absoluta metamorfose. Sou criatura que fala, que cria . Sou contato e tenho a loucura dos poetas em mim. Vou na direção do que vale a pena. Sou árvore, rija e enfrentando intempéries. Sou , sigo , viajo no intervalo do desenrolar dos sentidos. Fui tanta tolice até encontrar a força da árvore, a firmeza do chão. Não tem silêncio que cale meus desabafos. Vejo luz e descobri ...eu própria descobri vida ...eu achei..vida em mim. E não há vazio que não possa preencher. Porque meu desejo trepida quando minha dor arrebenta . Não mais me atormenta porque a deixo na árvore, na árvore que me tornei. Não há subloimação. Só coragem de dizer num desabafo. Vida é , vida eu vi, vida eu achei e desafiei. Hoje meu corpo fala a linguagem da árvore que me tornei.
pra você entender.

7 comentários:

  1. Falas como uma mulher inteira que és!

    ResponderEliminar
  2. porque a fragilidade ,minha amiga ,é a nossa força


    um beijo!

    ResponderEliminar
  3. esqueci.me de dizer

    muito belo o teu texto


    e duplico o beijo

    ResponderEliminar
  4. Porther

    árvore que o tempo não derrubará.


    cordda

    ResponderEliminar
  5. Olá, Menina! Bom dia!

    Excelente texto!

    Mermo.

    (árvore livre? se não houvesse raizes...)

    :)

    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. dellita -mustafá -môre!

    é hoje venhe só marcare a patada do mê kamele permonde que m'estou dabalada pr'ó médeque

    e ósdespôs vou.me ajantare da tenda do mê vezinhe

    até amanhã ,premera esposa ,fique.se com Allah qu'é vou.me pr'a Fare com Mohammed ,o profeta

    bêjes ,montes de bêjes pra mecêa!

    ResponderEliminar
  7. E mais posts, para quando?

    Afinal o Lula já foi eleito, né?

    Bejos

    :)

    ResponderEliminar