vives nas esquinas do meu pensamento

25/12/06

o tempo: meu, nosso...

SEGUNDA-FEIRA.
sissi
"Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.

Há tempo de nascer, e tempo de morrer;
tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
tempo de matar, e tempo de curar;
tempo de derribar, e tempo de edificar;
tempo de chorar, e tempo de rir;
tempo de prantear, e tempo de dançar;
tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras;
tempo de abraçar, e tempo de abster-se de abraçar;
tempo de buscar, e tempo de perder;
tempo de guardar, e tempo de deitar fora;
tempo de rasgar, e tempo de coser;
tempo de estar calado, e tempo de falar;
tempo de amar, e tempo de odiar;
tempo de guerra, e tempo de paz".
Eclesiastes capítulo 3

Mas é o tempo de respeitar a vida humana
o direito da inocência de uma ciança
a integridade física da mulher, principalmente.
É tempo de preservar a natureza e os bens públicos.
São nossos para desfrutar, não para destruir ou roubar.
É o tempo de respeitar as escolhas...sexuais e físicas
de homens e mulheres .
É o tempo de respeitar as diferenças culturais,
pois essas são as únicas que temos.
É o tempo de sentir-se igual, ao outro , ao próximo, ao distante...
É o tempo de rever , a tradição , o costume, o hábito que nos humilha
nos apequena, nos inibe, nos separa...porque é tempo de mudar
é tempo de entender, é tempo de olhar para ver.
...eu quero um tempo onde o amor prevaleça...
Della-Porther

1 comentário:

  1. Eu também... mas vai-me faltando o tempo para tudo!

    ResponderEliminar