vives nas esquinas do meu pensamento

23/01/07

Desabafo XIII



Nunca mais, nunca mais
vou ver nos seus olhos
a profundidade do amor que sentias
o calor que saía de suas mãos...
nunca mais, nunca mais
vou sentir o gosto do seu corpo
sobre o meu
a delícia de um prazer sem razão
nunca mais, nunca mais
vou roubar os seus sonhos
nem o amarei dentro da noite
nunca mais, nunca mais
vou ver o amanhã com o sabor
que via quando estava com você
a brisa fria que arrepiava
meus seios quentes ainda na sua boca
tantas manhãs de amor
nunca mais, nunca mais
agora só a saudade de amor
com certeza do adeus.

Príncipe, você valeu a pena....

saudades para sempre.

2 comentários:

  1. Emy,

    Que sabemos nós do nunca ?

    Nada.

    Beijo grande.:)

    ResponderEliminar
  2. gosto

    do novo visual

    .
    .
    .


    gosto

    da mudança

    .

    um beijo.

    ResponderEliminar