vives nas esquinas do meu pensamento

15/02/07

Desabafo XV Retorno



retorno

sou um processo-criação.

agora

só preciso escrever-te

coerente,

lógico,

necessário?

Não

meu amor está

sobre um fundo de desordem

vou pra casa

quero o mistério de minha paixão

sobre mim

puro

sei...te amarei até a morte

...e para além dela

Fotografia Emília Couto




Lizz Wright - I'm Confession'

14/02/07

Batalha dos Tempos Poema XIV Sinal


nuvens! chuva forte!
tendes piedade de mim
preciso do céu
preciso do sol
não cinzento
não pesado
claro
leve
assim te sinto inteira em mim
é o sinal do meu desejo
devorador
Fotografia Iana


djavan - devoro-te

12/02/07

Batalha dos Tempos - Poema XIII


Tempo e cheiro de mar
no mar
sou teu tempo
todo tempo vivido
todo o tempo que quer
ser sentido
no mar dou-te dias sem nevoeiros
gritos e gestos onde vou decifrar-te
meus gestos anseiam contemplá-la
meus gritos enchem a noite no meu barco de mar
quero chegar
quero doar-me ...perder-me...em ti
quero ser maresia
quero ser esse cheiro
longe ouvir-te chamar
meus gritos, meus gestos, meus cheiros
É no mar
que preciso
ser teu tempo.
Fotografia de Barek



maria bethânia - lágrima

09/02/07

Batalha dos Tempos Poema XII


um pedaço da encantadora Lisboa que ganhei hoje de presente.
porque hoje o dia foi rico
mais do que os outros
porque hoje acordei*
vi o sol de minha janela
vi o movimento de minha rua
vi minha vida
ainda sendo vivida...
e agradeço por isso.
agradeço.
Fotografia de Madalena Pestana





alejandro sanz - amiga mía

* Dia 08.02.2007 um jovem de poucos mais de 20 anos, enquanto me assaltava, pôs o cano de um revólver, calibre 38 no meu pescoço, do lado esquerdo...engatilhou e por alguns segundos o manteve lá. Para mim durou uma eternidade e tempo suficiente para eu saber que ele ia dispará-lo. Mas, não o fez. Não o fez.*

03/02/07

Desabafo XIV

della-porther
A lua da minha casa

a lua que vejo da minha janela

a canção que ouço

a vida que aprecio

a eternidade que penso

divago...

minha vida ...

cheia de memórias e lembranças

amores

intensos

como a força da lua

ainda acredito

ainda acredito

e por isso sou feliz....