vives nas esquinas do meu pensamento

02/07/07

Batalha dos Tempos Poema XXII - Alma de meu amor


pelos campos
o ruído do meu amor
pelos campos em flores
pousa a doçura da alma quente
do meu amor
a paixão que acende
novo sentir...
um ciclo
assim a dar início
meu alívio
passa o tempo
e eu sempre estou nos campos
a sentir a alma do meu amor.



foto de midnight trucker



Chris Botti - Lisa

Sem comentários:

Enviar um comentário