vives nas esquinas do meu pensamento

17/10/07

Desabafo XXIII - Em preto e branco



rasgo a vida em preto e branco
quero ser parte dos que vêem
não terei a cegueira
não serei condenada a imobilidade
rasgo a vida em preto e branco
quero olhar pra fora e além de fora
não sentirei a melancolia
sou indivíduo vísivel
rasgo a vida em preto e branco
conheço a claridade
que o mundo das coisas dá
sou a lucidez
sei arrancar de mim a visão
sou consciência verídica
porque rasgo a vida
em preto e branco
sou risco sem medo de arriscar.

foto de Kovu




Brad Mehldau - Exit Music (for a Film)



5 comentários:

  1. se aletra é assim....imagino a música...:)





    beijO

    ResponderEliminar
  2. Olá Della

    Goatei de amar __________de estar aqui:))

    Beijo com carinho

    ResponderEliminar
  3. sem medo de arriscar...

    para não deixar que o arrependimento chegue por não ter tentado, arriscado...

    bj

    ResponderEliminar
  4. Muito nos cruzamos por aí, amigos e palavras comuns. (E aquela Madalena que nos finta há que tempos!). Fiquei aqui, a comentar com as teclas a beleza das imagens e da poesia. Um abraço, Della, fica bem!

    ResponderEliminar